08 fevereiro 2019

Mulher loira dá à luz a um bebê negro e culpa o café que o marido bebe?





Verdade ou mentira? Mulher loira dá à luz a um bebê negro e culpa o café que o marido branco bebe?

Uma mulher deu à luz um bebê negro e afirma que a criança nasceu negra devido o café que o esposo bebe. A história dizia que o bebê teria nascido com quase quatro quilos e que os pais tinham 24 anos.
O pai do bebê ficou surpreso pelo fato da criança nascer negra

O boato é de que o caso que teria acontecido em Valencia, na Espanha, impressionou leitores de todo o mundo. O pai e a mãe da criança ambos são brancos, porém, o bebê nasceu negro. No entanto, após o parto o jovem da mulher jovem teria pedido explicações à esposa.

Para explicar o fato, a jovem teria colocado a culpa no café: “Eu não te enganei, prometo. Você está sempre bebendo café dia e noite, a cada hora, essa é a única razão”.

No fim, foi reportado que o homem acabou acreditando em sua mulher. “Eu me sinto mal agora por ter duvidado da minha parceira. É verdade que eu tenho bebido muito café ultimamente, e isso tem sido capaz de influenciar de alguma forma. Definitivamente, eu confio na minha parceira, não farei um teste de paternidade”, teria dito o jovem após algumas horas do parto.

Também há outras versões a história usando personagens que nasceram no Brasil e até mesmo na Alemanha.
Mas essa história é verdadeira?

Na verdade, tudo não passa de uma fake news. Esse tipo de notícias geralmente é bastante compartilhada nas redes sociais, mas nem por isso é verídica. A história foi inventada há alguns anos e vem sendo reproduzida por vários blogs brasileiros. 

Vale lembrar que é sempre importante saber a veracidade das notícias que são compartilhadas para não acabar cometendo o erro de publicar e disseminar informações e histórias falsas, como a que foi descrita acima.

28 janeiro 2019

Tragédia em Brumadinho tem 60 mortos confirmados e 292 desaparecidos

Nenhum sobrevivente foi encontrado de ontem (27) para hoje (28) 


O número de vítimas fatais após o rompimento da barragem Mina do Feijão, em Brumadinho, na região metropolitana de Belo Horizonte, subiu para 60, segundo informou o Corpo de Bombeiros, na manhã desta segunda-feira (28). Conforme o porta-voz da Defesa Civil de MG, 135 pessoas estão desabrigadas.

Há ainda 292 pessoas ainda desaparecidas, enquanto 192 foram resgatadas com vida até o sábado (26). "Não sabemos a quantidade de corpos ainda, mas os trabalhos estão sendo feitos. Por conta desse fato, vamos estender as buscas neste domingo", afirmou o tenente-coronel Flávio Godinho, da Defesa Civil de Minas Gerais.


O presidente da Vale, Fabio Schvarstman, disse estar "consternado" com o rompimento da barragem da mineradora e afirmou que não conhece as causas da tragédia nem sua dimensão exata.

Um gabinete de crise da tragédia em Brumadinho foi estruturado na Faculdade Asa, que fica a pouco mais de seis quilômetros do local do acidente. 

Em entrevista a uma rádio de Brumadinho, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que o rompimento da barragem da cidade poderia ser evitado.

Informações: AoMinuto

Mulher seguida por Carlos Bolsonaro iniciou falsa história sobre Wyllys

Foi da conta de Milene Reis que saiu o primeiro tuíte sobre a falsa informação de que o deputado estaria envolvido no atentado ao presidente.



Logo depois que Jean Wyllys anunciou que não assumiria o seu terceiro mandato como deputado federal e que ficaria fora do Brasil por tempo indeterminado, espalhou-se rapidamente nas redes sociais uma história de que ele estaria envolvido com o financiamento do atentado sofrido pelo presidente Jair Bolsonaro.

O site “Aos Fatos” afirmou que a informação é falsa. O “Monitor do Debate Político no Meio Digital”, da USP, identificou em relatório que o primeiro tuíte a levantar a história saiu da conta de Milene Reis, uma moça que é seguida no Twitter por Carlos Bolsonaro, filho do presidente, e pelo assessor olavista da presidência, Filipe Martins.

Já o primeiro grande impulso no microblog foi dado por Romeu Tuma, ex-secretário nacional de Justiça. Depois disso, a história se espalhou como fogo em palha seca.

Clik na imagem...


4º dia de buscas: local de pousada 'só tem lama', diz tenente

Porta-voz dos bombeiros também disse que foi encontrado o local onde ficava a pousada que tinha 35 pessoas.


O tenente Pedro Aihara, porta-voz dos bombeiros, disse em entrevista à GloboNews, nesta segunda (28), que o resgate deverá cortar o segundo ônibus encontrado na lama para retirar os corpos de dentro. Ainda não se sabe o número de mortos dentro do ônibus.

O tenente também afirmou que foi encontrado o local onde ficava a pousada. No entanto, com o impacto da lama, a pousada foi removida do lugar e agora só há lama. Estima-se que havia 35 pessoas na pousada.

Quatro equipes de 280 bombeiros estão trabalhando neste quarto dia de buscas em Brumadinho (MG).

O tenente afirmou que o refeitório da Vale provavelmente foi arrastado pela lama e pode ter ido parar "até quilômetros à frente".

Segundo a GloboNews, Aihara disse que ainda não se sabe quanto tempo a equipe israelense ficará no terreno. Está em andamento uma reunião para definir a atuação conjunta. 136 militares israelenses vieram. Ele afirma que os equipamentos israelenses são capazes de identificar sinais de celular de eventuais vítimas na lama.

Pontos em Brumadinho continuam sem acesso nesta segunda. O Hospital João XXIII é uma das principais unidades para receber feridos.

Informações: AoMinuto

Assessor da Casa Branca diz que EUA responderão intimidação de Maduro

John Bolton mencionou a intimidação contra o corpo diplomático, a Assembleia Nacional Constituinte (Parlamento) e o presidente interino, Juan Guaidó.



O assessor de segurança nacional da Casa Branca, John Bolton, usou as redes sociais para avisar que os Estados Unidos (EUA) darão uma “resposta significativa” à violência e intimidação por parte do governo do presidente da Venezuela, Nicolás Maduro. Ele não detalhou que medidas poderão ser adotadas.

Bolton mencionou a intimidação contra o corpo diplomático, a Assembleia Nacional Constituinte (Parlamento) e o presidente interino, Juan Guaidó.

“Qualquer violência e intimidação contra o corpo diplomático dos EUA, o líder democrático da Venezuela, Juan Guiado, ou a Assembleia Nacional representaria um grave ataque ao Estado de Direito e será recebido com resposta significativa”, afirmou Bolton em sua conta no Twitter.

Maduro determinou que o Ministério das Relações Exteriores do país iniciasse negociações com os EUA, no prazo de 30 dias, para a criação dos chamados escritórios de interesses mútuos. Antes, ele expulsou os diplomatas norte-americanos da Venezuela.

Estados Unidos, Brasil, Israel, Argentina, Chile, Paraguai, Canadá, Austrália, Israel e entidades, como a Organização das Nações Unidas (ONU) e Organização dos Estados Americanos (OEA) manifestaram apoio a Guaidó e a novas eleições.

“Os Estados Unidos estão ajudando a recuperar um futuro brilhante para a Venezuela. Estamos aqui para pedir a todas as nações que apoiem as aspirações democráticas do povo venezuelano”, disse Bolton, no Twitter, chamando Maduro de “ilegítimo”. Com informações da Agência Brasil.

22 janeiro 2019

Vai Safadão! Confira quando vai rolar o Garota Vip Natal 2019

Wesley Safadão comanda Garota Vip Natal 2019 na Arena das Dunas. Foto: Wesley Safadão/Divulgação

Wesley Safadão vai invadir o Brasil com o aniversário de 10 anos do Garota Vip, atualmente uma das festas mais disputadas do país. O Garota Vip Natal acontecerá no mês de maio na Arena das Dunas e, além do Safadão, contará com mais atrações que prometem som até o sol raiar.

Em terras potiguares, o Garota Vip deverá ter a produção assinada pela Destaque Promoções, também responsáveis por eventos de peso em Natal, como o Carnatal.

A grade completa de atrações e o primeiro lote de ingressos serão disponibilizados em breve. A Destaque Promoções já tem carimbado no seu calendário de eventos em 2019, o Baile da Santinha, o Villamix e o Carnatal. Mas esse é assunto para outra postagem! Op9RN

Dois irmãos são encontrados mortos às margens da BR-304 em Santa Maria



Os irmãos Antonio Caetano da Silva Junior, 19 anos, e Francisco de Assis Sena da Silva, de 25, foram encontrados mortos às margens da BR-304, entre as cidades de Santa Maria e Ielmo Marinho, na Região do Agreste potiguar, na manhã desta terça-feira (22). Pelas características do crime, a polícia acredita que a intenção dos autores era de vingança. Antônio e Francisco foram executados com tiros de calibre .12 na cabeça. A PM confirmou que ambos já tinham passagem pela polícia e foram presos por assalto.

Não houve testemunhas do crime, já que as mortes aconteceram no meio da rodovia, nem há informações sobre suspeitos. O Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep) foi acionadoassim como a Polícia Civil. A motivação para o crime é desconhecida. Op9RN

Mourão defende tempo mínimo para aposentadoria de militares em 35 anos

José Aldenir / Agora RN
Vice-presidente Hamilton Mourao assumiu a Presidência enquanto Jair Bolsonaro está em Davos




Redação/Agora RN

O presidente em exercício Hamilton Mourão defendeu nesta segunda-feira, 21, que haja uma regra de transição para aumentar a exigência do tempo de contribuição dos militares para a aposentadoria, dos atuais 30 para 35 anos, e também o pagamento de contribuição pelas pensionistas. “Em tese é isso aí com tabela para quem já está no serviço, um tempo de transição”, declarou. “São mudanças que seriam positivas para o País.”

O vice-presidente – que assumiu a Presidência enquanto o presidente Jair Bolsonaro participa de compromissos no Fórum Econômico Mundial, em Davos – já tinha defendido ao Estado as duas modificações como cota de “sacrifício” da categoria militar à reforma da Previdência do governo Bolsonaro, que é um capitão reformado.

No Brasil, as regras atuais permitem que militares, homens e mulheres, se aposentem com salário integral após 30 anos de serviços prestados. As pensões para dependentes são integrais, mas deixam de ser pagas aos 21 anos. Na reforma mais recente, feita em 2001, ficou extinta a pensão vitalícia para filhas a partir daquela data.

Todos os militares que ingressaram antes de 2001, no entanto, puderam manter o benefício vitalício para as filhas com contribuição adicional equivalente a apenas 1,5% da sua remuneração. A reforma feita em 2001 também acabou com outros benefícios, como o acúmulo de duas pensões ou a remuneração equivalente a dois postos acima na carreira, mediante contribuição maior.

“Não é bem visto para com a sociedade”
Ainda na manhã desta segunda, à Rádio Gaúcha, o presidente em exercício já tinha afirmado que o tempo mínimo de serviço para aposentadoria de militares deve ser ampliado. De acordo com o general, a questão está sendo discutida e será apresentada como forma de “mitigar esse gasto” para a União e o Estado.

“A questão dos 30 anos do serviço ativo, eu acho que ela irá mudar. Acho que vai aumentar (o tempo mínimo de serviço)”, afirmou. “Tendo em vista que fiquei 46 anos no Exército, eu também concordo que não é bem visto para com a sociedade alguém que se aposenta com 44 anos de idade”. Ele disse ainda não ver resistência no aumento do tempo de serviço.

Mourão recebeu na manhã desta segunda-feira o ministro da Defesa, Fernando Azevedo e Silva. Ele não comentou, entretanto, se discutiu as propostas com o ministro.De acordo com Mourão, Bolsonaro é o grande “decisor” da questão da Previdência. Para o general, a viagem a Davos será uma oportunidade para que o ministro da Economia, Paulo Guedes, apresente mais detalhes da proposta de reforma.

“Ao longo desta semana, o ministro Paulo Guedes vai conseguir discutir isso amiúde com o presidente Bolsonaro. Julgo que quando ele voltar da cirurgia, depois que ele terminar o processo cirúrgico, esse assunto já será esclarecido para a população”, afirmou o vice-presidente. Informações: Agora RN

Em Davos, Moro fala sobre corrupção, mas não de caso Flávio Bolsonaro

Na manhã desta terça-feira (22), ministro debateu por 1 hora a corrupção e o uso da tecnologia.


O ministro Sergio Moro (Justiça e Segurança Pública) defendeu o combate à corrupção como forma de aumentar a credibilidade dos governos em um painel sobre restabelecimento da confiança e da integridade.

No painel do Fórum Econômico Mundial, acompanhado por cerca de 30 pessoas na manhã desta terça-feira (22) em Davos, Moro debateu por 1 hora a corrupção e o uso da tecnologia com o secretário de política industrial da índia, Ramesh Abhishek; a presidente da Transparência Internacional, Delia Ferreira Rubio, e o chefe do Facebook para ameaças perturbadoras (o departamento encarregado do combate a fake news), David Agranovich.

O ministro, no entanto, não abordou esse último tema.

Moro tampouco falou das investigações sobre movimentações atípicas nas contas do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e de assessores do filho do presidente Jair Bolsonaro registradas em relatórios do Coaf. Indagado por repórteres, ele tem evitado a questão.

Questionado sobre a eventual cooperação do Ministério da Justiça brasileiro com seus pares na Colômbia e nos EUA para investigar crimes financeiros do entorno do ditador venezuelano, Nicolás Maduro, como forma de apertar o cerco ao regime, Moro disse preferir esperar a situação se colocar antes de responder a respeito dela.

O ministro está em Davos com o presidente Bolsonaro para participar da 49ª edição do Fórum.

Na quinta-feira (24), ele participará de um painel sobre Crimes Globais que tratará de medidas legais e sanções. Além disso, ele estará em um almoço de trabalho com investidores sobre o Brasil, nesta quarta-feira (23). Com informações da Folhapress.

NET4YOU em SÃO JOSÉ DE MIPIBU




Com uma linha de equipamentos modernos, a NET4YOU é hoje uma das distribuidoras de sinal mais procuradas do interior e a maior rede litorânea do estado. 

A Net4You chegou à cidade de São José de Mipibu, com uma mega na qualidade e prestação de serviço em INTERNET. 

Sinal inteligente, suporte e atendimento diferenciado fazem da NET4YOU a melhor, oferecendo qualidade em sinal e vencendo todas as barreiras. Onde nenhuma internet consegue chegar, a Net4You vai lá.


Informações e contratação ligue:




18 janeiro 2019

Homem é morto a tiros em São José de Mipibu/RN



O crime aconteceu no início da madrugada desta sexta feira 18, na comunidade Pau Brasil, quando a vitima estava em sua residência e foi surpreendida e morta a tiros pelos atiradores. A vítima identificada pelo nome de Lindeberg Elias de Almeida mais conhecido como "Berg" 39 anos de idade. O mesmo foi atingido por um disparo de arma de fogo tendo óbito no local. 

As motivações do crime ainda são para amigos e familiares da vítima, já que Berg era muito conhecido na comunidade e não se tem informações quais seriam as motivações do crime. A polícia foi acionada juntamente com a equipe do ITEP, para isolando da área e fazer a remoção do corpo ao órgão de medicina legal. As investigações ficarão por conta da Polícia Civil de São José de Mipibu.

17 janeiro 2019

Três pessoas morrem e uma fica ferida em colisão frontal na BR-304, no RN

Foto: Redes sociais


Três pessoas morreram e uma ficou ferida no início da manhã desta quinta-feira (17) em uma colisão frontal envolvendo um caminhão-baú e um Renault Duster na BR-304, nas proximidades da cidade de Lajes, na região Central potiguar.

Segundo a PRF, o acidente aconteceu por volta das 6h30, no Km 204.

As vítimas ainda não foram identificadas e ainda também não é possível apontar as causas do acidente, apesar de um caminhão ter invadido a faixa contrária.

Polícia Civil de Nísia Floresta prenderem homem em flagrante acusado de roubo

Foto: Divulgação/Polícia Civil Nísia Floresta-RN


Agentes de Polícia Civil da Delegacia de Nísia Floresta prenderem na tarde da última quarta-feira 16, a pessoa de MATEUS ANDRIÊ DO NASCIMENTO, acusado de roubo cometido na manhã do mesmo dia.

Segundo Informações repassadas pelo Delegado Marcelo Aranha, ao Digital Mipibu, Mateus pulou o muro da casa da vítima e, armado de um facão, a obrigou a entregar seu celular. Após efetuar o roubo, o acusado fugiu pela mata em direção ao 1° Conjunto da Caixa.

Os Agentes da Delegacia de Nísia Floresta, logo após tomarem ciência do fato, empreenderam buscas para capturar o meliante, conseguindo prende-lo na tarde de hoje na posse do referido celular.

Ainda segundo o Dr Marcelo, Mateus também foi identificado através de câmeras de segurança, que o flagraram o se aproximando da casa da vítima, amarrando uma camisa na cabeça e pulando o muro. Ao recuperar o celular, se percebeu que o acusado tinha tirado diversas "selfies" com aparelho.

Mateus foi preso em flagrante pelo crime de roubo e encaminhado ao sistema penitenciário para as demais providências necessárias.

A Delegacia de Polícia Civil de Nísia Floresta conta com o auxilio da população por meio do disque-denúncia/Whatsapp n° 98118-7675 ou 181 para prender ou investigar qualquer meliante que venha tirar o sossego dos moradores de Nísia Floresta.

15 janeiro 2019

Presidente dos EUA fala sobre Bolsonaro: 'É o Trump da América do Sul'

Chefe de Estado norte-americano ainda disse que líder político brasileiro estava feliz com a comparação.


Em discurso na convenção da American Farm Bureau Federation (AFBF), a maior organização agropecuária dos Estados Unidos, realizada em Nova Orleans, nesta segunda-feira (14), o presidente norte-americano falou sobre o novo presidente brasileiro, Jair Bolsonaro.

"Eles vão ter um novo grande líder, dizem que é o Donald Trump da América do Sul. Vocês acreditam?", disse o republicano.

Em seguida, ainda reforçou que o chefe de Estado do Brasil está feliz com a comparação. "E ele [Bolsonaro] está feliz [com a comparação]. Se não estivesse, eu não gostaria do país, mas eu gosto", brincou Trump, para risos e aplausos da plateia.

Os comentários foram feitos quando o americano falava sobre as exportações de carnes dos Estados Unidos. Segundo ele, o produto tem sido vendido ao Brasil "pela primeira vez desde 2003". Notícias ao minuto.

11 janeiro 2019

Governo Bolsonaro acumula recuos nos primeiros 10 dias de mandato


Alguns dos recuos vêm desde antes de Bolsonaro assumir oficialmente a Presidência. Em novembro, falou que seu governo teria de 15 a 17 ministérios

Fabio Rodrigues Pozzebom / Agencia Brasil / O vaivém ocorreu em diversas áreas: da econômica à diplomacia




Agência Estado

O governo de Jair Bolsonaro já mudou de ideia ou recuou de decisões que estavam tomadas e até anunciadas nos dez primeiros dias de administração, completados nesta quinta-feira, 10. O vaivém ocorreu em diversas áreas: da econômica à diplomacia.

Um dos principais recuos teve como personagem o próprio presidente da República. Na semana passada, ele anunciou que assinou um decreto aumentando o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF). Ele justificou afirmando que a medida iria compensar a perda de arrecadação com a extensão de incentivos às regiões Norte e Nordeste. Mas, no mesmo dia, o secretário especial da Receita Federal, Marcos Cintra, descartou a mudança

A confusão expôs uma queda de braço entre o núcleo econômico do governo, comandado pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, que chegou a considerar a medida, e o núcleo político, liderado por Onyx Lorenzoni, chefe da Casa Civil, que via a medida como impopular.

Bolsonaro também voltou atrás em relação à instalação de uma base militar dos Estados Unidos no Brasil. O presidente se mostrou aberto à possibilidade e justificou a ideia como uma preocupação com a soberania e a segurança nacional.

A ideia foi elogiada pelo secretário de Estado norte-americano, Mike Pompeo, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo Porém, os comandos das Forças Armadas foram surpreendidos com as afirmações de Bolsonaro e fizeram críticas em privado à iniciativa. Na terça-feira passada, o chefe do Gabinete de Segurança Institucional do governo, Augusto Heleno, negou os planos e disse que “fizeram um auê” em relação ao tema.

Na área econômica, outro recuo se deu dentro da Caixa Econômica Federal. O novo presidente da instituição, Pedro Guimarães, negou que o banco vá aumentar os juros do crédito imobiliário para a classe média; um dia antes, na cerimônia de posse dos novos titulares dos bancos públicos, em Brasília, ele afirmou que “quem é classe média tem de pagar mais”. Segundo Guimarães, a declaração foi reproduzida de forma distorcida pelos veículos de imprensa.

Antes da posse

Alguns dos recuos vêm desde antes de Bolsonaro assumir oficialmente a Presidência. Em novembro, falou que seu governo teria de 15 a 17 ministérios.

Em janeiro, porém, assumiu o poder com uma equipe de 22 nomes com status ministerial. Em sua primeira lista de nomes da equipe de transição, divulgada menos de uma semana após sua eleição, listou 27 homens. Criticado pela ausência de mulheres, anunciou quatro nomes femininos três dias depois.

NET4YOU em SÃO JOSÉ DE MIPIBU

Já há mais de dez anos no mercado de doces e salgados

Já há mais de dez anos no mercado de doces e salgados

AUTO ESCOLA NOVA ERA

AUTO ESCOLA NOVA ERA

Farmácia Central

Farmácia Central

Vidraçaria Bom Jesus

Vidraçaria Bom Jesus

Madeireira Jatobá

Madeireira Jatobá

M2 Academia

M2 Academia

Casa do Cimento

Casa do Cimento

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

  • Copyright © 2017 - Digital Mipibu!
  • Todos os direitos reservados